Histórias de sucesso #01: veja como o Colégio Pitágoras atingiu 815 na média da redação do Enem

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

O Colégio Pitágoras tem uma longa história de sucesso em Belo Horizonte: são 53 anos desde que a instituição nasceu como um curso pré-vestibular na capital mineira e cresceu até se tornar a escola referência que é hoje.

Atualmente, o Colégio se destaca pelo sucesso de seus alunos que ingressam em excelentes universidades por meio do Enem.

Conversamos com Ivana Gomes, diretora do Pitágoras desde janeiro de 2018, para entender melhor como a escola tem melhorado cada vez mais o seu desempenho. Continue a leitura para conferir!

Conheça o Colégio Pitágoras

De acordo com a diretora Ivana Gomes, o Colégio Pitágoras tem um DNA de cursinho. Ao longo de seus 53 anos de história, a instituição passou de um curso pré-vestibular em Belo Horizonte para uma escola referência que atende da educação infantil ao ensino médio.

Nos últimos anos, o Colégio tem passado por fortes mudanças relacionadas à implantação do projeto de educação internacional.

Porém, isso não quer dizer que a instituição não continue dando a devida importância aos grandes exames nacionais, como é o caso do Enem, principal responsável pela entrada de estudantes em universidades públicas e privadas.

Segundo Ivana Gomes, a carga horária estendida dos alunos aliada às tecnologias educacionais, como é o caso da plataforma Imaginie, permite que os estudantes se preparem desde cedo para conseguirem bons resultados no Enem e vestibulares.

Entenda como o Colégio Pitágoras tem melhorado o desempenho dos alunos

De 2017 para 2018, o Colégio Pitágoras viu o seu desempenho no Enem melhorar muito. Grande parte disso foi por conta da prova de redação, que saiu de uma média de 729 pontos em 2017 para 815 em 2018.

Gráfico apontando o crescimento do desempenho do Colégio Pitágoras na prova de redação do Enem.

A instituição começou a sua parceria com a Imaginie em 2017, justamente o ano em que viu a sua média da nota da redação do Enem disparar. 

Ivana Gomes aponta os motivos da melhoria tão grande no desempenho dos estudantes:  “eu acho que é um pouco de tudo. A professora é fundamental e a plataforma Imaginie faz com que o aluno obrigatoriamente escreva mais. Então, eles começaram a criar o hábito de escrever mais, de ser avaliados por outros corretores e não apenas pelas professoras do colégio, e isso é um desafio muito grande.”.

Ivana ainda destaca:

“percebo, hoje, que muitos dos nossos alunos não fazem um cursinho de redação fora. Eles já perceberam que se eles fazem as redações na plataforma com afinco, tornando uma rotina, o crescimento deles é real.”

Os resultados mostram a importância da utilização da plataforma Imaginie. De 2018 para 2019, a pontuação média geral do Colégio nas redações enviadas para a plataforma da Imaginie passaram de 677 para 703. Se considerarmos apenas a média do terceiro ano do ensino médio, o aumento foi de 39 pontos, passando de 709 em 2018 para 748 em 2019.

Veja como a Imaginie auxilia os professores

Por outro lado, a diretora do Colégio aponta que a plataforma Imaginie ainda ajuda os professores a terem tempo para trabalhar pequenos detalhes relacionados à redação, diminuindo a necessidade de ficar horas e horas em casa corrigindo produções textuais e melhorando a orientação de cada estudante.

“Não tem como voltar atrás e não ter mais a plataforma”, aponta a diretora.

Segundo Ivana, houve um crescimento do grupo como um todo, entre estudantes e professores, muito grande.

Como os dados coletados pela plataforma são trabalhados?

Segundo Ivana, a professora responsável por estar à frente da parceria do Colégio Pitágoras com a Imaginie analisa os relatórios da plataforma quinzenalmente. 

Quando percebe que a redação ainda não se tornou um hábito para o aluno, a orientadora da instituição entra em contato com a família para obter apoio conscientizando o estudante sobre a importância da prática. 

Por outro lado, quando é identificado que o estudante não está conseguindo alcançar a nota esperada, o coordenador ou a professora trabalha individualmente com o estudante.

Porém, um ponto importante a se destacar é que com as análises e o trabalho realizado com a plataforma Imaginie, os estudantes têm se tornado cada vez mais críticos em relação à própria produção. 

O Colégio incentiva essa autonomia e que o estudante se torne “dono do próprio conhecimento”, o que é fundamental para que o desempenho escolar, como um todo, alcance resultados excelentes.

Gostou da história de sucesso do Colégio Pitágoras? Quer que a sua instituição de ensino também alcance excelentes resultados? Cadastre-se abaixo e converse com um dos especialistas educacionais da Imaginie!


Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

avatar

Posts relacionados

[Ebook gratuito]

Indicadores de desempenho escolar

Saiba por que e como fazer uma gestão escolar baseada em dados!

Guia do planejamento escolar

Saiba o passo a passo para criar um planejamento escolar realmente eficiente!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter