Seus estudos não podem parar. E como incentivo, receba 15% de desconto com o cupom  ESTUDOEMCASA 

Quais são os principais indicadores de desempenho na área educacional? Veja 6 opções!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Os indicadores de desempenho são fundamentais para o desenvolvimento de uma boa gestão de qualquer negócio. Isso não é diferente para as instituições de ensino.

Quando estamos falando de escolas, a análise dos indicadores de desempenho ajuda não apenas na melhoria dos resultados dos alunos e da escola em grandes exames a nível nacional, como é o caso do Enem, mas, consequentemente, na captação de novos alunos e retenção de estudantes também.

Portanto, entender quais são os principais indicadores de desempenho na área educacional é fundamental para você melhorar os resultados e pensar em estratégias para fazer a sua instituição de ensino crescer.

No artigo de hoje, explicamos os principais e como você pode calculá-los em sua escola. É só continuar a leitura para conferir!

3 indicadores de desempenho dos alunos e professores

Para ficar mais fácil de entender, separamos os indicadores de desempenho da área educacional em algumas categorias.

A princípio, vamos falar daqueles que são medidos a nível de sala de aula. Eles ajudam, principalmente, os professores a identificarem quais são os principais pontos que precisam ser desenvolvidos de acordo com cada turma e a criarem intervenções pedagógicas eficazes.

Confira:

1. Nível de aprendizagem por competências e habilidades

Quando pensamos em indicadores de desempenho, certamente uma das primeiras coisas que nos vêm à mente é a média de determinada turma em uma disciplina.

Acontece que as notas nem sempre dizem o suficiente sobre o nível de aprendizagem de determinado aluno ou turma. Afinal, como identificamos quais competências e habilidades precisam ser mais trabalhadas?

Pensando nisso, um excelente indicador de desempenho para melhorar os resultados dos alunos é o nível de aprendizagem por competências e habilidades.

Mas como analisar isso?

Bom, você já deve ter ouvido falar sobre a Teoria de Resposta ao Item (TRI), certo?

A metodologia ficou famosa após começar a ser utilizada na correção do Enem.

Por meio da TRI, você consegue analisar não apenas a quantidade de acertos de determinado estudante em uma avaliação, mas o seu nível de aprendizagem, já que a análise dos resultados é feita de acordo com a coerência pedagógica das respostas.

O que isso quer dizer? 

Quer dizer que a correção por TRI resultará em uma pontuação mais fidedigna em relação ao nível de aprendizagem do aluno. Ela não pontua pelo número de acertos, e sim pela coerência das respostas.

Portanto, usando a TRI você consegue identificar qual é o nível de aprendizagem de cada estudante de acordo com determinada competência e/ou habilidade. Essa informação te ajudará a definir intervenções pedagógicas que realmente façam sentido para cada turma, já que você saberá, de fato, quais são os seus pontos a serem desenvolvidos.

Mas e quando falamos de redação?

Fica ainda mais simples se pensarmos em uma grade de correção equivalente à do Enem, por exemplo.

Se as correções das redações dos estudantes forem baseadas nas 5 competências do Enem, você conseguirá identificar em quais competências os estudantes se sobressaem e em quais eles possuem mais dificuldade.

Se uma turma tem muita dificuldade na competência V, por exemplo, o professor deverá trabalhar melhor os aspectos relacionados à proposta de intervenção na redação.

E como colocar tudo isso em prática?

Atualmente, existem plataformas educacionais que permitem a criação, aplicação e correção de simulados com correção TRI, além de realizarem a correção de redações com notas por competência. Você pode procurar por uma ferramenta que ainda disponibilize dashboards e relatórios com indicadores para você analisar o nível de aprendizagem dos estudantes.

2. Avaliação dos professores

A avaliação de professores realizada por estudantes ajuda a compreender se os docentes estão conseguindo transmitir o conhecimento de forma realmente didática, compreensível e se estão conseguindo o engajamento da turma.

Por isso, esse é um indicador de desempenho importante que impacta diretamente no resultado da escola como um todo.

A partir do indicador de avaliação do professor, a equipe de gestores escolares pode orientar melhor a equipe pedagógica e tomar decisões apoiadas em dados em relação a alterações no quadro de professores.

É evidente que esse indicador não pode caminhar sozinho. É importante fazer uma análise mais ampla, levando em consideração outros indicadores de desempenho, para que você consiga tomar decisões assertivas.

3. Progressão de desempenho dos estudantes

Como está sendo a progressão do desempenho dos estudantes ao longo do ano? O engajamento das turmas está diminuindo? Ou os alunos estão se comprometendo para melhorar os resultados?

De maneira geral, os professores, que estão sempre muito próximos dos estudantes, conseguem fazer uma boa análise sobre a progressão de desempenho dos alunos.

Levar isso em consideração, entendendo esse ponto como um indicador, pode orientar o professor a criar as intervenções pedagógicas ao longo do ano.

Além disso, pode dar insights relacionados aos modelos de aula, atividades atribuídas aos alunos, dentre outros.


3 indicadores escolares gerais

Quando pensamos em quais são os indicadores de desempenho na área educacional a nível de instituição de ensino, a ideia é pensar em dados que nos ajudem a analisar os resultados da escola em relação a outros estabelecimentos.

Aqui, não importa se a escola é pública ou privada. É sempre importante analisarmos se estamos alcançando um bom desempenho em relação a outras instituições.

Esses indicadores gerais servem para avaliar a qualidade do ensino oferecido, a produtividade dos professores e gestores escolares, a capacidade de ensino e de retenção de alunos, etc.

1. Média no Enem

Esse é um indicador importante para você analisar se o desempenho dos alunos está acima da média geral nacional. Além disso, ele também é fundamental para você acompanhar se os resultados dos estudantes estão melhorando com o passar dos anos.

2. Número de aprovações

Atualmente, o número de aprovações em cursos de universidades públicas, por exemplo, já é um indicador bastante utilizado por escolas e cursinhos pré-vestibular, principalmente em campanhas de matrícula.

Assim como a média no Enem, esse é um indicador importante para você analisar se o desempenho dos estudantes é satisfatório e se a escola está, de fato, oferecendo um ensino de qualidade.

3. Progressão dos resultado em simulados

Se a sua instituição de ensino realiza simulados periodicamente, acompanhar a progressão dos resultados ao longo do ano é uma excelente opção para verificar se alguma turma está precisando de mais atenção e se os alunos estão, de fato, sendo preparados para o Enem ou outros vestibulares.

Você pode contar com ferramentas de aplicação de simulados que te ajudam a realizar essa análise e a visualizar gráficos que apontam a progressão dos resultados ao longo do ano. Assim, fica muito mais fácil entender em quais pontos você precisa atuar.

Esperamos que você tenha entendido quais são os principais indicadores de desempenho na área educacional e já comece a utilizá-los em sua instituição de ensino. Aproveite para conferir o nosso artigo como utilizar os indicadores de desempenho em sua instituição de ensino!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × 4 =

Posts relacionados

[Ebook]

Captação de alunos em tempos de distanciamento social: estratégias para que sua escola minimize os impactos causados pelo isolamento

Está apreensivo com o desafio de conseguir captar alunos em tempos de distanciamento social? Então leia este nosso guia completo e veja estratégias para conseguir manter alunos e angariar novos em tempos de isolamento!

[Palestra online]

Como avaliar os estudantes no ensino online?

A necessidade de se desenvolver um ensino online durante a quarentena do Coronavírus levantou uma série de questões entre professores e gestores escolares. Uma delas é: como avaliar os estudantes?

[Infográfico]

3 práticas de ensino híbrido para aplicar na escola

Ainda com dúvidas a respeito de questões legais sobre o Ensino a Distância para a educação básica em meio à quarentena do Covid-19? Então este infográfico é para você. Ele sanará todas as suas dúvidas e te ajudará a saber como sua escola deve agir neste momento tão delicado!

[Infográfico]

Avaliação Formativa: o que é, características e quais seus instrumentos avaliativos

Quer mudar o método avaliativo

[Infográfico]

Como orientar pais e responsáveis sobre o ensino online

Está com dificuldades para orientar pais e alunos acerca da educação a distância em meio ao isolamento social? Então, baixe agora este infográfico!

[Ebook]

Como preparar os alunos para o Enem

Tem dúvidas sobre como preparar os alunos para o Enem, a fim de que eles se destaquem, tenham um bom resultado individual e, consequentemente, coletivo para a escola? Então este ebook foifeito para você!

Calendário vestibular 2021: Confira as datas dos principais processos

Não sabe como orientar os alunos de sua escola sobre as datas dos diferentes vestibulares? Teve dificuldade para encontrar as informações? Achou tudo muito desorganizado? Então este calendário é para você!

[Infográfico]

Orientações jurídicas para EaD: 9 principais perguntas

Em parceria com a Educa Legal, a Imaginie preparou este infográfico com as 9 principais perguntas e respostas sobre EaD!

[Ebook]

Tendências educacionais na sala de aula: como melhorar o desempenho e a comunicação com os pais

Encontre tendências educacionais que irão melhorar o desempenhos dos alunos da Geração Z e ainda aproximar a família de sua instituição!

[Modelo Gratuito]

Planejamento pedagógico de acordo com a BNCC

Você sabe como usar a BNCC na área de Linguagens? Entenda como planejar a leitura e a aplicação da produção textual no Ensino Básico de acordo com as competências da BNCC!

[Kit]

Ensino online: saiba como aplicá-lo em sua escola

Saiba tudo o que você precisa para desenvolver um ensino online de qualidade em sua escola e avaliar o seu funcionamento ao longo do tempo com este kit gratuito que preparamos para você!

[Ebook gratuito]

Como manter a rotina de estudo dos alunos em tempos de Covid-19?

Em parceria, a Imaginie e o Descomplica produziram um guia prático com 6 estratégias para manter os alunos engajados durante o período de quarentena.

[Ebook gratuito]

Indicadores de desempenho escolar

Saiba por que e como fazer uma gestão escolar baseada em dados!

Guia do planejamento escolar

Saiba o passo a passo para criar um planejamento escolar realmente eficiente!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter