Conheça práticas de retenção de alunos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Na hora de desenvolver um planejamento escolar, uma das principais metas a serem atingidas costuma estar relacionada à captação de novos alunos. 

Banner de divulgação do ebook gratuito "Guia do planejamento escolar" com link para: https://conteudo.imaginie.com.br/guia-planejamento-escolar?utm_source=blog&utm_medium=post&utm_campaign=material-rico

Porém, às vezes a escola negligencia a retenção de alunos, uma prática tão importante quanto a captação de novas matrículas. 

A retenção de alunos passa pelo estabelecimento de um bom contato com os pais e adoção de práticas pedagógicas que efetivamente prendam a atenção dos estudantes. É uma estratégia, que entre outros benefícios, combate a evasão escolar. Então, por que ela é deixada de lado? Porque muitas vezes a gestão escolar não dá a devida atenção a esse fator.

Por isso, vamos neste artigo mostrar a você o que afinal é a retenção escolar, sua importância para o combate à evasão escolar e ainda práticas para reter estudantes de maneira efetiva. Vamos lá?

O que é a retenção de alunos?

A retenção de alunos corresponde a todas as medidas tomadas pela gestão escolar, principalmente, a pedagógica, que objetivam manter os alunos dentro da escola até a conclusão do período escolar conhecido como Educação Básica. De acordo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), esse período corresponde à Educação Infantil, ao anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e ao Ensino Médio.

É comum que as escolas sofram com a evasão escolar por vários motivos. Um dos principais deles diz respeito à mudança do ensino fundamental para o ensino médio. Por isso, a escola deve contar com uma gestão competente para pensar em estratégias que retenham os alunos na instituição até que concluam o ciclo básico de ensino.

Mas afinal, você saber o que é a evasão escolar? A seguir vamos te contar um pouco mais sobre o que é isso e ainda te mostrar como estratégias de retenção de alunos que vão te ajudar a combatê-la.

O que é evasão escolar?

A evasão escolar é o abandono da escola. Ela pode acontecer por vários motivos, como por exemplo:

  • dificuldade financeira da família;
  • dificuldade de aprendizagem;
  • falta de interesse;
  • falta de estímulo da escola e dos pais;
  • bullying dentro do ambiente escolar;
  • deficiências de aprendizagem.

Enfim, são vários os motivos pelos quais a evasão escolar pode acontecer. Para combatê-la, é necessário olhar para os alunos de maneira individual e ainda chamar os pais a participarem mais ativamente da educação formal de seus filhos, para que, juntos, família e escola possam combater esse problema. 

Como a retenção de alunos pode evitar é a evasão escolar?

Pois bem, a retenção de alunos é uma questão que, se pensada com cuidado e atenção por toda a comunidade escolar, em especial por você coordenador, pode combater diretamente a evasão escolar. 

Porém, é necessário compreender que não é uma atitude, mas sim um conjunto de práticas pedagógicas que poderá evitar que os alunos deixem o ambiente escolar. Pensando nisso, vamos a seguir te mostrar algumas práticas pedagógicas que você pode aplicar em sua escola para minimizar ou mesmo deter esse problema.

Quais são as 3 práticas pedagógicas que podem fortalecer a retenção de alunos?

Confira três dicas práticas que ajudarão a reter os estudantes em sua escola e consequentemente irão combater a evasão escolar:

1. Mostre ao aluno que ele é importante para a escola

Os jovens gostam de ser notados por sua individualidade. A escola deve enxergá o estudante não como um número que irá fazer com que ela se destaque em sua região, porque está apto a passar no Enem e demais vestibulares, mas como um ser humano que está em processo de formação. 

E, para tanto, é necessário possuir uma educação humanizadora e mostrar ao jovem que ele é de fato importante para a instituição de ensino à qual faz parte.

Uma estratégia viável é estimular os professores de sua escola a fazer com que o jovem se torne protagonista de seu próprio processo de ensino-aprendizagem. Isso é legal porque o estudante passa a ocupar o lugar mais importante, o de desenvolver seu conhecimento, não se tornando somente alguém que absorve, mas, ao contrário, alguém que participa ativamente. 

Uma outra maneira de olhar o aluno individualmente é identificar quando ele sofre ou comete o bullying na escola. Pensar em ferramentas que combatam essa prática diz muito sobre a escola e passa confiança ao aluno, que ao invés de sair da instituição, se sentirá seguro para ser quem é, com suas peculiaridades e diferenças em um ambiente que o aceita e que luta para combater qualquer tipo de preconceito.

Portanto, incentive professores a dar aulas e atividades que façam com que os alunos se coloquem no lugar dos colegas. Essa prática promove a empatia, aceitação e respeito à diversidade. 

2. Chame os pais para participarem ativamente da educação de seus filhos

Outra prática pedagógica de grande impacto para a retenção de alunos é a aproximação da escola com a família do aluno.

Os pais e responsáveis são fundamentais na formação estrutural dos jovens. A educação deve ser interligada entre esses dois pilares, que são considerados os mais importantes no processo de formação de caráter.

Sempre que possível chame os pais para participarem de eventos dentro do ambiente escolar. Promover feiras de ciências abertas ao público, além de eventos que extrapolam as famosas reuniões são alternativas que tendem a aproximar a família. 

Essas são estratégias que favorecem também a permanência dos estudantes na instituição. Quando os pais percebem, de fato, a importância que a escola tem na vida de seus filhos, em alguma eventualidade financeira podem escolher cortar outros gastos em detrimento de uma boa educação.

3. Utilize ferramentas tecnológicas para entender as principais dificuldades dos estudantes

Bom, muitos alunos deixam a escola porque apresentam dificuldades recorrentes em determinados assuntos e disciplinas e acabam se sentindo desmotivados com o ensino. 

Nem sempre é fácil descobrir as dificuldades pontuais de cada aluno individualmente. Mesmo porque é de conhecimento geral que os professores, geralmente, possuem muitas turmas e isso dificulta um olhar mais atento em relação às dificuldades.

E neste caso já existem ferramentas tecnológicas que podem ajudar muito. Utilizando learning analytics, elas leem e compilam dados para posteriormente emitir relatórios completos acerca das dificuldades e também dos pontos fortes dos alunos. 

Para utilizá-las, é necessário contar com plataformas online que já oferecem esse suporte. As plataformas terão os dados dos alunos a partir do momento que em que a escola cria atividades e os inclui; essas atividades terão um prazo para serem concluídas e contarão com correções de ponta. 

Após as correções, a plataforma faz a análise dos dados e enfim emite relatórios que permitem aos professores verificarem as dificuldades e facilidades individuais, o que é muito importante para estimular a retenção de alunos.

Se você quer conhecer melhor sobre os indicadores de desempenho que podem te ajudar na retenção dos alunos, basta baixar nosso ebook sobre esse assunto!


Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

avatar

Posts relacionados

[Ebook gratuito]

Indicadores de desempenho escolar

Saiba por que e como fazer uma gestão escolar baseada em dados!

Guia do planejamento escolar

Saiba o passo a passo para criar um planejamento escolar realmente eficiente!

Faça seu cadastro para receber nossa Newsletter